Francisco de Carvalho e Rêgo

 

Este conimbricence, nascido em 1898 e falecido em Lisboa, em 1960, residiu em Macau durante quatro décadas.

Aí desenvolveu intensa actividade cultural, quer do âmbito da docência, quer da Rádio local, tendo-se afirmado como conferencista de reconhecido mérito, a par de conceituado musicólogo.

Para além de estreito colaborador de autores que se debruçaram sobre a realidade macaense, como o Prof. Charles Boxer e o macaense Jack Braga, deixou-nos várias obras de que destacamos, “Macau”, “Da virtude da mulher chinesa”, “O caso do tesouro do templo de Á-Má” e “Cartas de China”.

 

Deixe uma resposta

Close Menu